Muito Feliz Por Ter V♥cês AQUI!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Dicas Para Ser Mais Feliz!


Bombardeie seus sentidos.
Pare, concentre-se e sinta a brisa que corre pelos seus cabelos, o calor do sol aquecendo seu corpo, escute o barulho da chuva. Pesquisas mostram que prestar atenção em sensações que a natureza proporciona ajuda a deixar mais felizes pessoas com tendência à depressão.
Sorria.
Um estudo de uma universidade americana revelou que sorrir (mesmo sem motivo aparente!), deixa as pessoas com um astral melhor. Assista a uma peça de teatro bem engraçada, a um programa de TV divertido ou um filme de comédia. As risadas deixarão você bem mais leve.
Enalteça seus pontos positivos.
Se você sempre se comparar às pessoas que parecem ter mais e ser mais felizes, você vai se sentir péssima! Uma pesquisa de uma universidade reuniu dois grupos de pessoas e pediu ao primeiro que completasse a frase. “Sou feliz por não ser/estar/ter...”. Ao segundo grupo, foi pedido que completasse a frase “Eu gostaria de ser/ter...”. O primeiro grupo se sentiu relativamente mais feliz, mas o segundo grupo, que se voltou para desejos não realizados, teve níveis mais baixos de satisfação.
Diga “muito obrigada”.
Pessoas que são gratas se sentem melhor e mais otimistas sobre suas vidas, em comparação àquelas mais resignadas, que acham que não têm o que agradecer.
Seja solidária.
Quem ajuda ao próximo de qualquer forma, seja como voluntária em programas sociais ou mesmo dando de comer a um menino de rua, é mais feliz. Atos de solidariedade ajudam você a se sentir melhor consigo mesma.
Pratique exercicios, sue!
Isso mesmo. Andar, correr, pedalar libera endorfinas e aumentam a sensação de bem-estar. As atividades físicas, além de fazerem muito bem ao corpo e à saúde, influenciam na produção de serotonina e norepinefrina, que têm efeito antidepressivo.
Postura!
Levante a cabeça, estufe o peito, abra os ombros, olhe as pessoas nos olhos. Pessoas felizes têm postura melhor e têm passos decididos, enquanto quem sofre de baixa auto-estima tende a encolher os ombros, andar de cabeça baixa e olhando para o chão.
Faça uma lista de suas maiores conquistas.
Anote em um papel tudo de significativo que já aconteceu em sua vida, e que conseguiu por méritos próprios. Passar em uma prova, conseguir um emprego, ser paquerada por um homem lindo, ganhar uma festa surpresa dos amigos, uma viagem inesquecível que tenha feito, receber uma prova de carinho ou amizade. Recorra a essa lista sempre que estiver para baixo, e recorde os bons momentos, procurando incorporar as boas sensações que teve na época.
Dê um tempo.
Quando se sentir “no limite”, largue tudo e procure uma atividade que lhe dê prazer. Ler sua revista favorita, ouvir música, passear com o cachorro, fazer alguma atividade manual, conversar com uma amiga, ir ao cinema ou a uma superbalada. A vida passa muito rápido! Dê valor a esses pequenos momentos, e procure torná-los mais freqüentes no seu dia-a-dia.
(via e-mail )

Nenhum comentário:

Postar um comentário