Muito Feliz Por Ter V♥cês AQUI!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Mensagem das Professoras Visitantes - Dezembro2009


Nutrir ao Prestar Serviço Caridoso

Ensine as escrituras e citações a seguir ou, se necessário, outro princípio que abençoe as irmãs que você visita. Preste testemunho da doutrina. Peça à pessoa a quem você ensina que compartilhe o que sentiu e aprendeu.

Como Posso Desenvolver e Aumentar Minha Caridade?
Morôni 7:48: “Rogai ao Pai, com toda a energia de vosso coração, que sejais cheios desse amor que ele concedeu a todos os que são verdadeiros seguidores de seu Filho, Jesus Cristo”.

Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência:
“Os discípulos de Cristo, em todas as épocas, distinguiram-se pela compaixão. (…) No final, o número de orações que proferirmos pode contribuir para nossa felicidade, mas o número de orações respondidas por nosso intermédio pode ter importância ainda maior. Que nossos olhos se abram para os corações pesarosos, percebam a solidão e o desespero; que sejamos a resposta às orações silenciosas dos que nos cercam, que sejamos instrumentos nas mãos do Senhor para atender a essas orações” (“A Felicidade É Sua Herança”, A Liahona, novembro de 2008, pp. 119, 120).

Barbara Thompson, segunda conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro:
“Precisamos ‘[ressaltar] o que há de melhor em [nós]’ para que, como filhas de Deus, façamos nossa parte na construção do reino de Deus. Receberemos ajuda para fazer isso. Como Joseph Smith declarou: ‘Se (…) viverem de modo a estar à altura de seus privilégios, não se poderá impedir que os anjos lhes façam companhia’.
Que carreguemos os fardos uns dos outros, choremos com os que choram, confortemos os que necessitam de conforto e, assim, cumpramos os convênios que fizemos [ver Mosias 18:8–10]” (“Alegres Cantemos”, A Liahona, novembro de 2008, p. 116).

Como Posso Nutrir ao Prestar Serviço Caridoso?
D&C 81:5: “Socorre os fracos, ergue as mãos que pendem e fortalece os joelhos enfraquecidos”.

Élder Russell M. Nelson, do Quórum dos Doze Apóstolos: “O Bom Pastor disse: ‘Apascenta os meus cordeiros’ ( João 21:15). Portanto, uma mulher apascenta seus entes queridos, provendo-lhes socorro e sustento, tal como o Salvador faria.
Seu dom divino é o de nutrir, ajudar os jovens, cuidar dos pobres e elevar o quebrantado de coração.
O Senhor disse: ‘Minha obra e minha glória [é] levar a efeito a imortalidade e a vida eterna do homem.’ (Moisés 1:39). Portanto, Sua dedicada filha discípula pode realmente dizer:
‘A minha obra e a minha glória é ajudar meus entes queridos a alcançar essa meta celestial’.
Ajudar outro ser humano a atingir seu potencial celeste faz parte da missão divina da mulher. Como mãe, professora e membro da Igreja que nutre seu semelhante, ela molda a argila viva para dar forma a suas esperanças. Em parceria com Deus, sua missão divina é ajudar espíritos a viver e almas a ser elevadas. Essa é a medida de sua criação. É uma tarefa que enobrece, edifica e exalta” (“Woman—Of Infinite Worth,” Ensign novembro de 1989, p. 22).

Silvia H. Allred, primeira conselheira na presidência geral da Sociedade de Socorro:
“O Senhor abençoou as mulheres com os atributos divinos do amor, da compaixão, da bondade e da caridade. Por meio das visitas mensais que fazemos como professoras visitantes, temos o poder de abençoar cada irmã ao lhe abrirmos nossos braços com amor e bondade e ao lhe ofertarmos os dons da compaixão e da caridade. (…) É minha oração que nos comprometamos solenemente a empenhar-nos ainda mais em, cheias de amor e compaixão, estender a mão para abençoar, ajudar e fortalecer umas às outras, fazendo nossas visitas com o coração pleno de boa vontade e de alegria” (“Apascenta as Minhas Ovelhas”, A Liahona,novembro de 2007, pp. 113, 115).
Fonte: A Liahona Dez2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário