Muito Feliz Por Ter V♥cês AQUI!

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Integridade...

 Obra de Morgan Weistling
A integridade é o estado ou qualidade de ser completo, inteiro, incorruptível. É ser honrado e sem mácula. É pureza e firmeza moral. É genuinidade pura e sinceridade profunda.
É coragem, uma virtude humana de valor inestimável. É honestidade, retidão e probidade. Se retirarmos esses atributos restará apenas uma carapaça vazia. (...)
A integridade nas pessoas e organizações é não perguntar:
“O que as pessoas vão pensar de mim e minhas práticas?” mas: “O que penso de mim mesmo se eu fizer isso ou deixar de fazer aquilo?” Convém? É certo? O Mestre aprovaria? (...)
A integridade no homem deve trazer paz interior, certeza de propósito e segurança de ação. A falta de integridade produz o contrário: desunião, medo, tristeza, incerteza.
Seria bom se todos nós fizéssemos periodicamente uma autoavaliação para ver se em nossa vida, escondidos debaixo do tapete, há vestígios de hipocrisia, dolo ou erro. Ou verificar se, em meio a desculpas e racionalizações, não haveria excentricidades e desonestidades. Haveria teias de aranha nos tetos e esquinas que achamos que ninguém notará? Estamos tentando encobrir pequenos atos mesquinhos e pequenas gratificações que nos permitimos secretamente — ao mesmo tempo racionalizando que são insignificantes e sem conseqüência? Há áreas em nossos pensamentos, atos e atitudes que gostaríamos de ocultar das pessoas que mais respeitamos?
(...) Cumpram suas promessas. Mantenham sua integridade.
Guardem seus convênios. Ofereçam ao Senhor neste ano e em todos os anos sua fidelidade e sua mais plena expressão de fé.
Façam-no por sua própria honra e serão abençoados agora e para sempre.
Spencer W.Kimball 
“On My Honor,” Ensign, abril de 1979, p. 5.

Nenhum comentário:

Postar um comentário