Muito Feliz Por Ter V♥cês AQUI!

domingo, 24 de janeiro de 2010

Quem, Eu? Dar Aulas?


 Obra de Berthe Morisot
E agora, passamos o tempo para [coloque o seu nome], que nos dará a aula hoje.”
Se você ouvisse essas palavras na Igreja, no próximo domingo, teria medo ou ficaria confiante?
Cedo ou tarde, todo membro da Igreja se torna professor. Pode acontecer na Primária, na Sociedade de Socorro, em um quórum do sacerdócio, em uma visita de professora visitante ou mestre familiar, ou numa noite familiar.
Para muitas pessoas que são novas na Igreja, o papel de professor talvez não seja algo familiar. Até aqueles que ensinaram muitas vezes se questionam como poderiam ter mais confiança e ser mais eficazes em influenciar positivamente a vida das pessoas.
Eis algumas ideias simples que podem ajudar-nos a cumprir nosso chamado de professor:
1. A oração é uma importante ferramenta didática. Comece cada fase da preparação de aula orando humildemente para ter a orientação do Espírito. Confie na promessa do Senhor feita a todos os professores: “O Espírito ser-vos-á dado pela oração da fé” (D&C 42:14).
2. Quase toda lição tem mais material no manual do que poderá ser apresentado em sala de aula. Leia a lição e escolha em espírito de oração um ou dois princípios mais importantes que considere melhores para seus alunos.
3. Estude fervorosamente as escrituras relacionadas a sua aula e delas extraia exemplos e princípios. A palavra de Deus pode ter “um efeito mais poderoso sobre a mente do povo do que (…) qualquer outra coisa” (Alma 31:5).
4. Tranquilize-se pelo fato de que não precisa saber tudo sobre a lição para ser um professor eficaz. Planeje utilizar algumas perguntas simples que permitam a seus alunos que compartilhem experiências e pontos de vista. Essa pode ser a parte mais memorável e tocante de sua aula.
5. Como professor, você foi chamado para aprender também. O ensino do evangelho “exige seus mais diligentes esforços para conseguir aumentar sua compreensão e melhorar suas técnicas, sabendo que oSenhor o magnificará caso ensine da forma ordenada por Ele”. 1
Para mais sugestões didáticas, ver Ensino, Não Há Maior Chamado.

NOTA
1. Ensino, Não Há Maior Chamado, (1999), p. 4.

"Eu leria a lição e começaria a orar a respeito dela no domingo anterior. Isso me dá uma semana inteira para orar, buscar inspiração, pensar,  ler e procurar aplicações para a vida real que trarão vitalidade a minha mensagem.
Você não só acabará de preparar a aula com muita antecedência, mas também ficará surpreso ao descobrir quantas coisas lhe ocorrem durante a semana, o quanto Deus lhe dá, coisas que poderá utilizar ao terminar sua preparação.”

Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, “Ensinar e Aprender na Igreja” (reunião mundial de treinamento de liderança, 10 de fevereiro de 2007), A Liahona, junho de 2007, p. 58.

3 comentários:

  1. Duas coisas muito importante para todo Membro da igreja, pois todo membro é um professor (como vc mencionou em varios exemplos) é o Curso "Ensinar o Evangelho" (Normalmente realizado 1 a 2 vezes por ano nas Alas) e os Treinamentos de Aperfeiçoamento Didático (Realizado trimentralmente para cada organização).
    Infelismente tem muitos membros que não particípam desse banquete espirítual por achar que são muito bons e não precisam ou porque já fizeram a muitos anos atrás, mas isso é um grave erro. Aqui na minha Ala já tive experiências maravilhosas com esses dois projetos da Igreja.
    (QUEM TIVER OPORTUNIDADE DE PARTICIPAR NÃO PERCAM)
    Esse comentário é apenas complementar o seu tópico que ficou muito bom e depois vou referência-lo no meu blog se vc me permite.
    UM ABRAÇO!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo complemento Wandyson!
    É sempre bom ter pessoas iluminadas nos ajudando a edificar a Obra do Senhor!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Feliz dia sera que podem comentar meu blogg mesmo que sejam umas simples palavras
    pois ser ,mormom e ser feliz
    feliz semana pois a eternidade sera daqui a uns tempos depois de trabalho de casa feito

    ResponderExcluir