Muito Feliz Por Ter V♥cês AQUI!

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Música

 ...Se pudéssemos espiar atrás do véu celestial, provavelmente seríamos inspirados pela música do céu, que deve ser mais gloriosa do que qualquer música que tenhamos ouvido nesta Terra.
(...)
Este seria um bom momento para vasculhar sua biblioteca musical e escolher músicas que elevam e inspiram. Isso faz parte do processo de amadurecimento de sua jornada eterna. Também seria um bom momento para aprender a tocar um instrumento musical ou melhorar os talentos musicais que já possuem.
O Élder Neal A. Maxwell (1926–2004), do Quórum dos Doze Apóstolos, disse: “Vivemos num mundo por demais inclinado às coisas insípidas e precisamos prover uma oportunidade de cultivar o gosto pela melhor música. Da mesma maneira, estamos num mundo que está por demais sintonizado nas coisas do momento. Precisamos permitir que as pessoas se sintonizem na melhor música de todas as épocas”.
Reconhecendo a pungente influência da boa música, Oscar Wilde fez um de seus personagens dizer: “Depois de tocar Chopin, sinto como se tivesse chorado pelos pecados que jamais cometi e lamentado por tragédias que não vivi”.  Depois da primeira apresentação de O Messias, Handel disse, respondendo a um elogio: “Meu senhor, sinto muito se apenas os entretive. Meu desejo era torná-los pessoas melhores”. 
Haydn “vestia sua melhor roupa para compor porque dizia que ia apresentar-se perante seu Criador”.
Alguns acontecimentos da vida são tão sublimes que não podemos imaginá-los sem a companhia de uma bela música. Não poderíamos pensar no Natal sem canções natalinas ou uma conferência geral sem hinossacros; e não existiria o céu sem música de insuperável beleza. O Presidente Young disse: “Não há música no inferno, porque toda boa música pertence ao céu”. 
Se o único castigo do inferno fosse não ouvir uma nota sequer de música por toda a eternidade, já seria castigo bastante. 
Élder Douglas L. Callister
Fonte: A Liahona Jun2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário