Muito Feliz Por Ter V♥cês AQUI!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Mensagem das Professoras Visitantes - Setembro 2010

 Maravilhosa a Mensagem deste mês de setembro. 
É grande a ênfase no fato de que "a maternidade e a paternidade são papéis e responsabilidades eternos"(...)Precisamos tratar o casamento e a família com respeito. A partir do nosso exemplo, a nova geração pode adquirir mais esperança e compreensão, não apenas pelas palavras que proferimos, mas pelo modo como sentimos e emanamos o espírito da família."
É um grande incentivo para que criemos tradições familiares que dirigirão a nova geração diretamente aos braços do Nosso Amado Salvador Jesus Cristo. 
Que grande responsabilidade a nossa, não é?
Que experiências têm tido em relação a este assunto tão especial?

Nossa Responsabilidade de Nutrir a Nova Geração
Se não for nutrida, nossa nova geração está sujeita ao risco de se tornar como a descrita em Mosias 26. Muitos jovens não acreditaram nas tradições dos pais e se tornaram um povo à parte no tocante à fé, permanecendo assim para sempre.
Nossa nova geração pode, da mesma forma, desencaminhar-se, caso não compreenda seu papel no plano do Pai Celestial.
Portanto, o que manterá a nova geração em segurança? Na Igreja, ensinamos princípios de salvação, e esses princípios se referem à família, são os princípios que vão ajudar a nova geração a formar uma família, a ensinar essa família e a prepará-la para as ordenanças e os convênios. Daí, a nova geração vai ensinar a geração seguinte e assim por diante.
Como pais, líderes e membros da Igreja, estamos preparando a geração atual para as bênçãos de Abraão e para o templo. Temos a responsabilidade de ser bem claros nos pontos mais importantes da doutrina encontrados na proclamação sobre a família.
A maternidade e a paternidade são papéis e responsabilidades eternos. Cada um de nós tem a responsabilidade de levar a efeito a parte do plano correspondente ao homem e à mulher.
Podemos ensinar essa doutrina seja qual for nossa situação. Precisamos tratar o casamento e a família com respeito. A partir de nosso exemplo, a nova geração pode adquirir mais esperança e compreensão, não apenas pelas palavras que proferimos, mas pelo modo como sentimos e emanamos o espírito da família.
Julie B. Beck, presidente geral da Sociedade de Socorro.
Das Escrituras
Provérbios 22:6; Efésios 6:4; Enos 1:1; Alma 53:20–21; 56:47; 57:27


O Que Posso Fazer?
1. Como posso ajudar minhas irmãs a usar “A Família: Proclamação ao Mundo” para nutrir a nova geração? Pode ser interessante entregar-lhes um exemplar da proclamação e ajudar as irmãs a identificar e a assinalar as passagens que melhor ensinem doutrinas importantes.
2. Como posso nutrir a nova geração? 
Pense em estender a mão para os membros de sua ala, seu ramo, sua família ou sua comunidade que poderão beneficiar-se ao receber sua atenção e seu carinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário